HACKATOWN CIDADE BAIXA

Já pensou em criar soluções para sua comunidade em 3 dias?


Dividido em três dias imersivos de inspiração e mão na massa, o Hackatown é um espaço de cocriação de soluções para a cidade. Sua grande missão é gerar impacto positivo, sendo uma abordagem livre e aberta para qualquer comunidade. Na segunda edição em Porto Alegre, que aconteceu entre os dias 14 e 16 de setembro de 2018, a Point Facilitação Criativa e Minha Porto Alegre nos convidaram para co-organizar uma edição com foco na Cidade Baixa, bairro que hoje acolhe a nossa sede.

Logo Point Facilitação Criativa

+

Logo Lugares com Alma

+

Logo Minha Porto Alegre
CIDADE BAIXA

Entre o centro histórico e a Redenção, se encontra o charmoso bairro boêmio da capital gaúcha: a Cidade Baixa, ou CB, para os íntimos. Lá muita gente vive, trabalha, transita ou faz festas. Essa edição do Hackatown veio pra questionar de que forma estamos cuidando desse local.


Pensando nesse ambiente cheio de culturas e conflitos, a edição Cidade Baixa veio para reunir moradores, comerciantes, ONG's, iniciativas e frequentadores do bairro para cocriarem soluções que impactem positivamente o bairro.

A IMERSÃO

No primeiro dia, a imersão teve o foco em alinhamento de conceitos como gentrificação e urbanização, com palestras e cases. Além disso,
os grupos de trabalho foram divididos em 4 eixos - inovação social, sustentabilidade, mobilidade urbana e relação entre moradores, comerciantes e usuários do bairro.
O segundo dia começou com bate-papos, trazendo um panorama sobre o bairro e sobre projetos criativos de inovação social, e os grupos tiveram sua primeira missão: entender e escolher o problema a ser solucionado.


Já o terceiro dia foi totalmente voltado para a criação e modelagem das soluções, também possuindo pequenas inserções de conteúdo em palestras e discussões. Ao final da imersão, os grupos de trabalho apresentaram seus projetos em uma competição no formato Pitch.

PALESTRANTES E FACILITADORES

Cada palestra do Hackatown visou dar suporte aos grupos para uma melhor compreensão do bairro, e também inspirar com exemplos e ideias de projetos criativos de inovação social. Esses foram os palestrantes e facilitadores que estiveram com a gente:

PROJETOS

O que aconteceu com os projetos criados? As ideias que surgiram no evento são de total domínio da equipe que a criou. Os projetos não precisavam ter base tecnológica (plataformas, aplicativos ou qualquer tipo de tecnologia), e o objetivo foi pensar em ações práticas que pudessem ser facilmente executadas. Confere abaixo as propostas que surgiram!

O projeto que ganhou destaque no Hackatown CB foi o Cestou!

Os grupos de inovação social e sustentabilidade se uniram ao longo do hackatown para juntos resolver um dos grandes problemas da Cidade Baixa: a quantidade de lixo que permanece nas ruas após cada noite de festa.
E assim nasceu o Cestou, um projeto que incentiva, através do bom humor, que as pessoas coloquem seu lixo em lixeiras divertidas que contém enquetes como "Biscoito ou Bolacha?", "Grêmio ou Inter?", "É os guri ou as guria?" - ressignificando o ato de colocar algo fora!

+ 55 51 3372.1272

Rua da República, 358.

Porto Alegre, RS.

©2019 por Lugares com Alma